Facebook Instagram Youtube Twitter
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020
Horário:
Temperatura: 25 º
Untitled Document
Museu Ferroviário de Tubarão
Data: 12/09/2015 às 07h31

A Sociedade dos Amigos da Locomotiva a Vapor – SALV, mantenedora do Museu Ferroviário de Tubarão, é uma instituição privada, sem fins lucrativos e com fins culturais, cujo objetivo maior é salvaguardar, preservar, restaurar, expor, difundir e divulgar o patrimônio cultural ferroviário brasileiro, sobretudo no que se refere à história e memórias da Ferrovia Donna Thereza Christina, pertencente à extinta RFFSA e atualmente atendendo pelo nome da concessionária Ferrovia Tereza Cristina SA - FTC, que contribuiu significativamente para o desenvolvimento econômico, social e cultural da região sul - catarinense. A SALV há 19 anos desenvolve projetos e ações culturais, educativas e de preservação que buscam cumprir esse objetivo junto à sociedade, colaborando para o fortalecimento de sua identidade cultural e preservação da memória ferroviária.

 

A Ferrovia Donna Thereza Christina, fundada em 1884 por Visconde de Barbacena e possuindo capital inglês, foi um marco para o desenvolvimento regional. Primeira ferrovia implantada no estado de Santa Catarina e ainda em plena atividade, a Ferrovia Tereza Cristina, também conhecida como a “Ferrovia do Carvão”, tornou-se elemento simbólico na formação urbana das comunidades lindeiras que margearam (e margeiam) seus trilhos. A figura do trem a vapor aproximou as distâncias e ligou cidades outrora isoladas pelo processo de colonização. Criada como meio de transportes de riquezas, no caso o carvão mineral, logo se tornou imprescindível para o transporte de carga de produtos coloniais e pessoas. Associada à figura do trem está toda uma gama de memórias, afetos, trabalho, experiências, vidas que têm na preservação do patrimônio cultural ferroviário um meio de salvaguardar e valorizar esse período histórico. Com a corrente retomada do transporte ferroviário no Brasil, é imprescindível investir na preservação da memória ferroviária dessas comunidades, a fim de fortalecer sua identidade cultural e oportunizar o acesso aos aparelhos culturais que as preservam e divulgam.

 

Com esse objetivo, desde 1997, um grupo de ferroviários aposentados voluntários, organizado pelo Sr José Warmuth Teixeira, iniciou o trabalho de salvamento dos bens culturais que estavam sob risco de degradação e desaparecimento, para compor o acervo do Museu Ferroviário de Tubarão. Dentre os bens salvos estão locomotivas a vapor, vagões, máquinas, objetos históricos, obras de arte, documentos, livros, fotografias, ferramentas, entre outros que foram recuperados, restaurados e postos a exposição ao público. Atualmente esse acervo está em processo de transferência para o IPHAN, sendo um patrimônio público federal. É o maior conjunto de acervo ferroviário do sul do Brasil. 

 

Equipe:

José Warmuth Teixeira - Diretor Presidente - SAÇV

Lorilza Mateus de Oliveira - Diretora Adinistrativo - Financeira Museu Ferroviário.

Silvana Silva de Souza - Museóloga - Responsável técnica.

 

Miriam Terezinha Lopes Lúcio - Responsável pelo setor Educativo e conservação de bens culturais.

 

A BNC TV agradece a colaboração neste texto da Silvana Silva de Souza que é Museóloga e também a diretora Lorilza e toda equipe que nos receberam muito bem em visita e para a realização destas informações. 

Museu Ferroviário de Tubarão fone: 48  91291459 / 91182145 / 36323450

Espaço Publicitário
O Passageiro 9º temporada
Confira aqui os vídeos e fotos.
BNCTV - Todos os direitos reservados.
A sua televisão para todos os momentos.
www.bnctv.com.br