Facebook Instagram Youtube Twitter
Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020
Horário:
Temperatura: 24 º
Untitled Document
PC de Imaruí prende Foragido da Justiça.
Data: 17/08/2017 às 03h23

Polícia Civil de Imaruí prende Foragido da Justiça.

A Polícia Civil, por intermédio do Setor de Investigação Criminal da Delegacia de Imaruí, após investigações localizou e prendeu ALEXANDRE DE AGUIAR, vulgo XANDINHO, 32 anos de idade.

O sujeito foi condenado a 23 anos de reclusão pela prática do crime de latrocínio (roubo seguido de morte) contra a uma estudante de 21 anos, em 2006 no Bairro Kobrasol, em São José/SC.

XANDINHO, como é conhecido no mundo do crime, estava residindo com familiares em um sítio localizado em Imaruí, foi monitorado e preso pelos investigadores no fim da tarde desta terça feira, dia 15 de agosto. A operação contou também com o apoio da Policia Militar.

Aguiar estava envolvido no assalto que resultou na morte da universitária de Medicina (UFSC) Mariah Ghizoni Vieira, 21 anos, na noite de quinta-feira, do dia 2 de março de 2006. O crime aconteceu por volta das 21h50min, no bairro Kobrasol, em São José, na Grande Florianópolis. Baleada com um tiro no rosto, a jovem morreu minutos depois no hospital.

Mariah e o namorado de 30 anos, que haviam voltado do cinema, conversavam no carro, na frente da casa da jovem, na Rua Ademar da Silva, no Kobrasol, quando ocorreu o crime. O casal foi abordado por dois homens armados, que ordenaram que saíssem do veículo. Os assaltantes entraram no carro e, na fuga, um deles disparou um tiro, que atingiu o rosto de Mariah. O projétil ficou alojado na cabeça. Os pais da universitária teriam ouvido o disparo e, ao olhar para saber o que havia ocorrido, viram a filha ferida na calçada.

Mariah foi levada para o Hospital Regional de São José, mas não resistiu, enquanto recebia procedimentos na sala de reanimação. O namorado, em estado de choque, também foi levado para o hospital.

O carro roubado, um Fiat Marea com placas São José, na época, foi encontrado escondido ao lado de uma casa de madeira, sob cobertores, na comunidade Frei Damião, em Palhoça.

O sujeito foi recambiado ao Presídio onde permanece à disposição da Justiça.

Colabore com a Polícia Civil. Por meio de um canal de comunicação anônimo, a comunidade pode ajudar a combater a incidência de crimes em Imaruí. Ligue 181 e faça sua denúncia anônima. O sigilo é garantido e todas as informações são checadas.

Christian Pacheco - Agente de Policia Civil

Setor de Investigação Criminal - SIC Imaruí

Telefone para contato: (48) 3643.0190 / www.policiacivil.sc.gov.br

 

 

Espaço Publicitário
O Passageiro 9º temporada
Confira aqui os vídeos e fotos.
BNCTV - Todos os direitos reservados.
A sua televisão para todos os momentos.
www.bnctv.com.br